Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/01/22 às 10h36 - Atualizado em 7/01/22 às 10h36

Ceilândia ganha grelhas novas para reduzir prejuízos

COMPARTILHAR

Ação é feita regularmente pelo governo; este ano, foram repostas mais de 400 grelhas furtadas em todo o DF.

 

 

A Administração de Ceilândia está trabalhando na recuperação do sistema de captação de águas pluviais, substituição de grelhas e limpeza das bocas de lobo.

 

Para isso, o órgão conta com o reforço do Polo Oeste II do GDF Presente, que está atuando na cidade há uma semana. A parceria inclui também a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

 

Na QNM 3, as equipes se concentraram na recuperação ou substituição de grelhas e na limpeza das valas. Cinco grelhas de concreto foram colocadas no espaço que protege as bocas de lobo, nos conjuntos C, K e M, além da EQNM 1/3.

Essa peça, que serve como um filtro nas bocas de lobo, é feita de ferro, mas precisa ser substituída por causa de roubos ou da ação de depredadores.

 

Com as grelhas, é permitida somente a entrada da água nas redes. A falta delas provoca o entupimento das galerias pluviais, por causa do lixo, terra e entulho que entram nas redes. Também pode provocar acidentes com pedestres, ciclistas ou animais.

 

A reposição de uma grelha de ferro pela de concreto custa em torno de R$ 960. De acordo com a Novacap, foram repostas mais de 400 grelhas furtadas em todo o Distrito Federal. Um prejuízo estimado de R$ 350 mil este ano.

 

Trabalho simultâneo à substituição das grelhas e limpeza da rede de captação de águas pluviais é o recolhimento de lixo e entulhos. A administração de Ceilândia, juntamente com o Polo Oeste II do GDF Presente, retirou 325 toneladas de entulhos na cidade.

 

“É fundamental que a população nos ajude, não jogando lixo nas ruas, porque ele vai direto para as boca de lobo, entope as redes de captação de águas pluviais e causa os alagamentos”, ressaltou o diretor de Obras da administração de Ceilândia, Sérgio Barbosa Pimenta.

 

Parceria com a comunidade

 

As ações em Ceilândia incluíram também uma intervenção diferenciada no Núcleo Rural do Setor P Sul. Depois da recuperação da estrada que dá acesso às chácaras, restou um trecho de 100 metros com uma subida íngreme, que dificulta o trânsito de veículos e de pedestres.

 

A comunidade mesmo se mobilizou e, em uma parceria inédita, está ajudando a administração a resolver o problema. “Os moradores forneceram os materiais e nós entramos com a mão de obra para a implantação do meio-fio. Futuramente, vamos construir a rampa em concreto, porque o local é muito íngreme”, explicou Sérgio Barbosa.

 

A recuperação da estrada foi feita em setembro pelas equipes da administração de Ceilândia, GDF Presente e Novacap. A ação deixou satisfeita a comunidade local, de acordo com Almiro Justino Gonçalves, que mora em uma chácara no setor desde 2014.

 

“A estrada ficou excelente, depois que foi colocado o cascalho, nivelado, compactado e fresado a rua, que era de terra batida. Agora tem somente um trecho muito inclinado precisando de uma obra, porque é muito difícil de subir ou descer, mas a comunidade mesmo decidiu fazer uma vaquinha para comprar os materiais e a administração vai fazer a construção da rampa”, relatou Justino.

 

O administrador de Ceilândia, Fernando Fernandes, disse que ações de manutenção são feitas diariamente para melhorar a cidade. “Além do serviço emergencial, a administração faz o serviço preventivo, como a limpeza das galerias pluviais. O GDF Presente significa exatamente isso – trabalhar muito e sempre em prol da população, seja no serviço preventivo ou no serviço emergencial”, analisou Fernandes.

 

“É o GDF Presente, apoiando as ações da administração, no atendimento das demandas da comunidade, seja na área urbana como na área rural”, disse o coordenador do Polo Oeste do GDF Presente, Elton Walcácer.

 

Grelhas são substituídas para reduzir prejuízos em Ceilândia

 

Fonte: Agência Brasília

Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil - Governo do Distrito Federal

NOVACAP

Setor de Áreas Públicas - Lote B - CEP: 71.215-000 Telefone: 3403-2300