Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/07/13 às 19h24 - Atualizado em 29/10/18 às 14h41

Novacap faz mapeamento preventivo da situação das árvores

Para prevenir transtornos na época das chuvas, a Novacap deu início a um trabalho preventivo de mapeamento das árvores em risco de queda, incluindo ainda as espécies que, aparentemente, não apresentam problemas. A ação foi iniciada pela Asa Sul e pela Asa Norte, as regiões mais arborizadas, e deverá se estender por todas as outras 30 Regiões Administrativas do DF até meados de outubro.

O processo de mapeamento (localização das fichas que indicam o corte) é vistoriado diariamente por engenheiros florestais da Companhia. Para a realização deste serviço, existem duas equipes exclusivas que executam a poda preventiva ou o corte de árvores. Nos finais de semana, o procedimento é feito em vias de trânsito mais intenso, como a avenida W3 e os eixinhos.

Segundo o chefe do Departamento de Parques e Jardins (DPJ), Rômulo Ervilha, com esta ação, a Novacap deverá reduzir em até 80% as quedas repentinas de árvores durante o período chuvoso. E acrescenta: “esse trabalho é extremamente importante, já que a população que convive com espécies contaminadas corre o risco de ser atingida ou de ter seus bens danificados,” alerta.

Em caso de sintomas, tais como rachaduras em galhos, presença de orelha-de-pau, conhecidos como fungos, e inclinação repentina do caule, ou para demais esclarecimentos sobre o trabalho, a Novacap disponibiliza ao cidadão o telefone da Ouvidoria da Companhia, pelo 3403-2626.

“No próximo período chuvoso, os registros de queda de árvores deverão ser reduzidos em 80%”, afirma Rômulo Ervilha, chefe do Departamento de Parques e Jardins da Novacap.

 

Saiba mais

O parecer para o corte ou poda de árvores é feito exclusivamente por um técnico engenheiro florestal da Novacap, de acordo com o Decreto 14.783, de 1993, mediante:

– o comprometimento do estado fitossanitário da árvore;

– ameaça de queda iminente;

– interferência nas redes aéreas e subterrâneas de serviços públicos;

– comprometimento à saúde dos citadinos;

– risco à integridade de edificações públicas e privadas

 

Vale ressaltar que, para cada árvore exótica cortada, a Novacap é obrigada a plantar outras 10 espécies, de acordo com o Decreto. Se a árvore for do bioma do cerrado, a compensação é de 30 novas árvores.

Diariamente , são realizadas cerca de 120 operações de poda e corte de árvores em todo o Distrito Federal. O maior número é feito no Plano Piloto, por ser a região mais arborizada do DF.

As folhas e os galhos das árvores podadas são levados para o Viveiro II da Novacap, onde são triturados e utilizados na confecção de adubo orgânico ou como matéria-prima para o mobiliário dos parques e praças construídos pela Companhia.

Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil - Governo do Distrito Federal

NOVACAP

Setor de Áreas Públicas - Lote B - CEP: 71.215-000 Telefone: 3403-2300